terça-feira, 13 de maio de 2014

Estatísticas completas com nmon

Recentemente fui apresentado ao nmon. Posso dizer que o linux tem todas as informações que o nmon traz, mas talvez não da forma 'elegante' que só ele traz. Como todo bom administrador de sistemas linux, devemos saber o que ocorre com nossos servidores.

Fiz isso para o Centos 6.4 de 64 bits, vamos ao comando:

rpm -Uhv http://apt.sw.be/redhat/el6/en/x86_64/rpmforge/RPMS/nmon-14g-1.el6.rf.x86_64.rpm

Vai baixar e instalar o binário pronto.

Agora, só teclar os atalhos, que já vem na tela inicial, 'd' para disco, 'n' para rede, 'c' para cpu, estes são os que mais uso. Claro, conservadores irão me dizer pra usar o dstat, ou vmstat, mas que ficou mais fácil de entender ficou.

Até a próxima.